Histórico

3º Grupamento de Bombeiros

A implantação do Destacamento precursor do Corpo de Bombeiros em Londrina se deu em 02 de janeiro de 1.953, quando aqui chegaram, procedentes de Curitiba, os Bombeiros Militares:

  • Sub-Ten Juracy Vieira Gomes;
  • Cb Miguel Benedito dos Santos Pinto;
  • Sd João de Oliveira;
  • Sd Vicente Cândido de Souza.

Este efetivo reduzido, compôs a primeira Guarnição de Bombeiros do município de Londrina. Trouxeram os primeiros caminhões: Auto-Tanque, de prefixo: AT nº 1 e AT nº 2, que passaram a constituir o trem de combate a incêndio naquela época.

A primeira ocorrência atendida pelo Destacamento de Bombeiros de Londrina se deu, por coincidência, no dia em que a Guarnição chegava de Curitiba e foi assim narrada pelo Sub-Ten Juracy Vieira Gomes no livro de registro dos pedidos de socorro:

Incêndio:

“A Guarnição com o Auto-Tanque nº 1, dia 2 de janeiro de 1.953, quando vinha diretamente de Curitiba a fim de organizar o Destacamento de Bombeiros Londrinense, às 19:30 horas o Dr. Milton Ribeiro Menezes Prefeito Municipal desta cidade, avisou que na Firma Industrial Comercio Sahão S/A, próximo a saída de Cambé, na gleba de algodão 160-A, estava se lavrando um incêndio. Em continente a referida viatura foi se abastecer de água na Estação da Estrada de Ferro, em seguida rumamos para o local. Lá chegando constatei tratar-se de grandes crateras que desprendiam fumaça, revelando existência de fogo latente no interior do monte, originado pela combustão expontânea, devido a fermentação, por estarem as pirâmides de algodão expostas sobre as intempéries. Foi armado 1 linha direta conseguiu-se eliminar o fogo da parte mais superficial, sabendo-se porém que esse fogo ainda irá continuar, porque a água sobre essa combustão não atinge até o foco do fogo. Às 21:00 horas foi terminado o serviço, sendo que o Auto-Tanque não foi possível sair daquelas imediações por estar chovendo e ter muita lama, ficando para o dia seguinte onde foi necessário acorrentá-lo.”

“O algodão está segurado em três companhias: Cia Interestadual de Seguros, Cia. Boa Vista e a Porto Seguro.”

Londrina, 3 de janeiro de 1.953

a) SubTenente Comandante do Destacamento

Assim foi a chegada da Guarnição de Bombeiros em Londrina, em vez de festa e banda a esperá-la, somente um incêndio, no qual foi demonstrado à comunidade o empenho, a dedicação e esforço para o cumprimento da missão. Nem mesmo os poucos recursos humanos e materiais foram motivo de desvio do dever, fato que veio a engrandecer a organização, servindo de exemplo e orgulho para nós que hoje somos o presente daquele passado heróico.

Em 12 de outubro de 1.974, em caráter experimental, o Destacamento de Bombeiros de Londrina passou a ser designado de 3º Grupamento de Incêndio, conforme Diretriz nº 006/1974, publicada em Boletim Interno do Corpo de Bombeiros do Paraná nº 193 de 09 de outubro de 1.974.

O 3º Grupamento de Incêndio contava então com Seções de Incêndio em Londrina e Maringá, sendo seu primeiro comandante o Capitão Almir Moreira.

Com a criação do 3º Grupamento de Incêndio, viu-se a necessidade da construção de uma nova sede que oferecesse condições de atender as exigências desse novo status. Foi então que em 09 de dezembro de 1.975 houve a mudança da antiga oficina da prefeitura que se localizava nas esquinas da Rua Santa Catarina com Rua Curitiba, para o novo quartel que se situava a Rua Jaguaribe nº 473 esquina com Rua Tietê, com área de 6.207,31 m2 e 1.374,26m2 de área construída, que passou a ser o quartel do Comando do 3º Grupamento de Incêndio.

Como desde a implantação do Destacamento de Bombeiros não havia uma legislação especifica que desse o respaldo necessário a Corporação para cumprimento de sua missão, seu Comandante, Capitão Almir, seguindo as orientações de seus superiores hierárquicos e as experiências adquiridas em outras cidades, conseguiu em 1.974 aprovar na Câmara Municipal a Lei de nº 2516 de 26 de dezembro que criou a Taxa de Vistoria e a Taxa de Combate a Incêndio que futuramente iriam compor o atual FUNREBOM, Fundo de Reequipamento do Corpo de Bombeiros de Londrina.

No ano de 1.975 foi assinado entre o Estado do Paraná e o Município de Londrina o Termo de Convênio que tinha por objetivo regular a aplicação dos serviços de segurança contra incêndio e prestação de socorro público na área do Município de Londrina. Assinaram o convênio o Governador do Paraná , Jaime Canet Júnior e o Prefeito Municipal de Londrina, José Richa.

Em abril de 1.977 assume o Comando do 3º Grupamento de Incêndio o Major Antônio Amaury Dietrich, permanecendo no comando até janeiro de 1.978. Nesse período, na data de 28 de janeiro de 1.978, foi implantada a fração de bombeiros do município de Apucarana.

De janeiro a outubro de 1.978 assumiu o comando do 3º Grupamento de Incêndio, interinamente, o Capitão Amaury Antonello. Nesse espaço de tempo, em 15 de fevereiro 1.978, foi inaugurado o Corpo de Bombeiros no município de Cornélio Procópio.

Em outubro de 1.978, assumiu o comando do Grupamento o Major Wilson Santos, implantando a fração de bombeiros na cidade de Arapongas em 12 julho de 1.979.

Em novembro de 1.979 assume o comando do Grupamento o Capitão Amaury Antonello que depois passa o comando ao Major Rene Raul Wengenroth em março de 1.983, e este após três meses, repassou-o ao Capitão Elpídio Artigas Filho em maio de 1.983.

Ao assumir o comando do 3º Grupamento de Incêndio o Capitão Elpídio Artigas Filho traçou como objetivo de seu comando a descentralização da corporação para atender a população com maior eficiência e eficácia. Objetivo este que teve total apoio do chefe do executivo municipal, na época Dr. Wilson Moreira. Promovido ao posto de Major em 22 de novembro de 1.984, agora Major Elpídio Artigas Filho colocou em execução o plano de descentralização do Corpo de Bombeiros de Londrina construindo os seguintes postos de Bombeiros:

Em 2 de setembro de 1.985, Posto do Aeroporto, através de convênio entre o Estado do Paraná e a Infraero, onde foram alocadas 03 (três) viaturas de combate a incêndio, sendo duas para atendimento interno do aeroporto e uma para atender a região leste da cidade.

Foi no comando do Major Artigas, que foi implantado no município de Ibiporã uma Sub Seção de Combate a Incêndio. Em 21 de setembro de 1.986, no município de Apucarana houve a descentralização, com a construção de um posto de Bombeiros em 06 de novembro de 1.986 e no Município de Jacarezinho a implantação da 3ª Sub Seção de Combate a Incêndio em data de 12 Fevereiro de  1985.

Em 28 de novembro de 1.987, Posto do Igapó com 01 (uma) viatura de combate a incêndio para atender a região sul da cidade e o Posto do Jardim Tóquio com uma viatura de combate a incêndio para atender a região oeste da cidade.

Em 06 de novembro de 1.988, Posto da Zona Norte contando com 01 (uma) viatura de combate a incêndio.

Neste período houve uma reestruturação do Corpo de Bombeiros do Paraná, que contava com apenas três Grupamento de Incêndio e com esta nova estrutura foram criados mais dois Grupamentos de Incêndio, o 4º Grupamento de Incêndio em Cascavel e o 5º Grupamento de Incêndio em Maringá, que deixou de se subordinar ao 3º Grupamento de Incêndio de Londrina.

Major Artigas, foi promovido ao posto de Tenente Coronel por merecimento em data de 01 de janeiro de 1.987.

Em janeiro de 1.989 o Ten.-Cel. Artigas passou o comando ao Ten.-Cel. Carlos Roberto Cidade, que permaneceu no comando até maio de 1.991.

No período de maio de 1.991 a fevereiro de 1.993 o 3º Grupamento de Incêndio foi comandado pelo Ten.-Cel. Manoel Dias Paredes Filho. Sendo neste período implantado no município de Cambé uma Sub Seção de Combate a Incêndio em 19 de dezembro de 1.992.

O Ten.-Cel. Paredes passou o comando ao Major Ubirajara Dias Paredes, em data de 19 de março de 1.993.

Em 15 de dezembro de 1.994 com o sancionamento pelo Governo da Lei nº 10.956 que alterou artigos da Lei de Organização Básica da PMPR, o 3º Grupamento de Incêndio passou a denominar-se 3º Grupamento de Bombeiros e a ter seguinte estrutura:

1º Sub Grupamento de Bombeiros em Londrina com quatro Seções de Bombeiros em Londrina;

2º Sub Grupamento de Bombeiros em Arapongas com Seção de Bombeiros em Arapongas e Cambé e Rolândia a partir de 19 de Maio de 1.995;

3º Sub Grupamento de Bombeiros em Cornélio Procópio com Seção de Bombeiros em Cornélio Procópio, Ibiporã e Jacarezinho.

A Seção de Combate a Incêndio situada em Apucarana passou a denominar-se 2º SGB e a pertencer ao 5º Grupamento de Bombeiros de Maringá.

Em 19 de Maio de 1.995 foi implantado a 3ª Sub Seção de Combate a Incêndio em Rolândia.

Em 10 de Junho de 1996 foi implantado na Sede do 3º GB o Serviço Integrado de Atendimento ao Traumas e Emergências (S.I.A.T.E.), Londrina.

Em 22 de Julho de 1.999 foi implantado a 2ª SB/3º GB de Combate a Incêndio em Santo Antônio da Platina.

Em 12 de Novembro de 1.999 foi implantado o Posto Avançado de Combate a Incêndio na cidade de Bandeirantes.

Deixe uma resposta


sete × 6 =